SPC leva conferência “Repensar o futuro da saúde cardiovascular em Portugal”, à Madeira.

É já no próximo dia 14 de novembro que a Sociedade Portuguesa de Cardiologia, a partir do Auditório do Colégio dos Jesuítas, no Funchal, entre as 9h30 e as 13h00 organiza a segunda edição da Conferência “Repensar o futuro da saúde cardiovascular em Portugal” e que conta com o patrocínio da Secretaria Regional da Saúde, da Região Autónoma da Madeira.

Pela continuidade da missão que esta direção assumiu em contribuir para a redução da mortalidade por doenças do aparelho circulatório, para a prevenção e reconhecimento da Insuficiência Cardíaca e para a prevenção da Morte Súbita, a SPC convida políticos, jornalistas, gestores hospitalares, profissionais de saúde e sociedade civil a desenhar novas prioridades para que, num futuro muito próximo as doenças cardiovasculares deixem de ser a primeira causa de morte em Portugal!

Assim, dia 14 de novembro reúnem-se líderes de opinião para, em conjunto, debaterem o futuro da Saúde Cardiovascular dos Portugueses, com especial destaque para a Região da Madeira.

A Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), assume publicamente a vontade de promover uma ação que, não sendo exclusivamente científica, pretende criar redes de trabalho e de apoio à decisão, junto de quem decide, para que os portugueses possam ter acesso a uma melhor saúde cardiovascular. Ao realizar a Conferência SPC na Madeira, “Repensar o Futuro da Saúde Cardiovascular em Portugal”, a SPC reivindica para si o impulso de intervir na definição de uma estratégia a curto e médio prazo que vise a contínua melhoria da saúde cardiovascular dos portugueses. Com esta assunção, definimos e reforçamos o papel desta sociedade científica, que é o de contribuir ativamente para a redução da mortalidade por doenças do aparelho circulatório no nosso país.