skip to Main Content
Área de utilizador

Quais os pontos fortes do serviço ?

Área de referência com 450-500 mil habitantes.

Unidade de Cuidados Intensivos Cardíacos com 6 boxes fechadas e duas unidades abertas.

Laboratório de Hemodinâmica 24h 7dias/semana.

Arritmologia e electrofisiologia – 500 dispositivos/ano.

Laboratório de Ecocardiografia – estudos transesofágicos, de esforço e de stress farmacológico.

Programa de Reabilitação Cardíaca estruturado.

Unidade de Insuficiência Cardíaca dotada de espaço próprio.

Ressonância Magnética Cardíaca

 

Ensino e participação regular em ensaios clínicos multicêntricos.

Quais os projetos em curso que mais diferenciam o Serviço dos restantes ?

Hemodinâmica: IVUS, OCT, iFR, FFR, procedimentos de intervenção de cardiopatia estrutural, mais de 200 ICPs primárias/ ano.

Arritmologia: EEF e ablação.

Reabilitação Cardíaca: fases I e 2.

Unidade de Insuficiência Cardíaca: seguimento anual de mais de 500 doentes.

Laboratório de Ecocardiografia: ecocardiografia de sobrecarga em todas as suas vertentes e ecocardiografia tridimensional.

Ressonância Magnética Cardíaca: incluindo estudos de isquemia, doentes com dispositivos MRI-conditional e exames com T1 e T2

Consulta de miocardiopatias

Quais as principais dificuldades do dia-a-dia ?

Interioridade e distância – Várias unidades hospitalares (hospitais de Vila Real, Chaves e Lamego) e extensa área geográfica abrangida pelo Serviço de Cardiologia do CHTMAD, sediado em Vila Real (Trás-os-Montes, Alto Douro, Nordeste Transmontano e Douro Sul)

Espaço físico:

Para dar resposta às necessidades, seria necessário ampliar o espaço físico atribuído ao Serviço e dotá-lo de um maior número de camas de internamento.

Quais os planos para o futuro ?

– Aquisição de aparelho de TC que permita realização de exames cardíacos;

– Electrofisiologia “sem limitações” (ablação de fibrilhação auricular, extrassistolia ventricular e taquicardia ventricular);

– Programa de Reabilitação Cardíaca com telemonitorização ou Home-Based .

– Hemodinâmica com evolução na intervenção estrutural.

– Ecocardiografia com estudos de strain miocárdico como um processo mais abrangente.

– Promoção da contínua formação e diferenciação dos profissionais.

– Crescimento na área de investigação por parte dos próprios elementos do Serviço.

Quais as três palavras que melhor definem o serviço ?

O conteúdo exposto é da exclusiva responsabilidade do serviço em questão, não vinculando/refletindo necessariamente a opinião da sociedade portuguesa de cardiologia.

Back To Top
Quero ser Sócio