Publicações

“Será que a ablação da Fibrilhação Auricular reduz o risco de eventos cardiovasculares? Comentário ao estudo CABANA

 

 

Ensaio clínico CABANA: ““Effect of Catheter Ablation vs Antiarrhythmic Drug Therapy on Mortality, Stroke, Bleeding, and Cardiac Arrest Among Patients With Atrial Fibrillation”

       

Packer T et al. JAMA. 2019;321(13):1261-1274.

 

doi:10.1001/jama.2019.0693

 

 

Na Edição de Maio de 2019 do Artigo Recomendado do Mês da Revista Portuguesa de Cardiologia vamos analisar um tema sempre polémico, e que tem suscitado discussões acesas na comunidade científica, que é saber se o tratamento de ablação da fibrilhação auricular pode reduzir o risco de eventos cardiovasculares. 

 

Este ano foi finalmente publicado o ensaio clínico CABANA, que é o maior ensaio clínico até à data a testar se a ablação da fibrilhação auricular pode alterar o risco do endpoint combinado de morte, AVC, hemorragia ou paragem cardíaca. Os próprios resultados deste estudo não são totalmente esclarecedores e têm suscitado grande discussão científica.

 

 

Para nos ajudar a interpretar as implicações clínicas deste estudo pode assistir aqui ao comentário em vídeo com o Dr. Diogo Cavaco, arritmologista do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental (Hospital Santa Cruz).

Outras Notícias
Artigos Revista SPC