SPC reúne propostas de peritos para a melhoria da saúde cardiovascular dos portugueses nas áreas da Insuficiência cardíaca e Morte Súbita.

Posição da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, com base no trabalho de um grupo de peritos – pontos-chave a focar junto do público, da tutela e dos profissionais de saúde.

«Na agenda política estabelecida pela Direção da SPC para o biénio que agora termina e com objetivos bem definidos a partir da Conferência realizada na Fundação Calouste Gulbenkian em finais de 2017, os temas da insuficiência cardíaca e da prevenção da morte súbita foram assumidos como prioridades, as quais deveriam ser materializadas junto do público, dos médicos e dos decisores.

Como fazê-lo, com que linguagem, que ideias recomendar, eram alguns dos desafios a que tínhamos de dar resposta. Neste sentido, a Direção da SPC reuniu um conjunto de médicos, peritos naquelas áreas do conhecimento e, com eles, foram traçadas as grandes linhas que nortearam a nossa atividade.

As grandes ideias debatidas naquela reunião vieram a constituir matéria para a elaboração de dois documentos, ambos em processo de submissão para publicação na Revista Portuguesa de Cardiologia e que nesta pequena brochura se sintetizam, em formato de sumário executivo.

Com a sua publicação pretendemos levar ao conhecimento de todos, as ideias e as propostas de 40 colegas que, de uma forma generosa e empenhada, se disponibilizaram a participar e aos quais eu deixo o meu profundo agradecimento.»

João Morais

Presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia

 

Consultar o Documento Online

 

Se estiver no Congresso Português de Cardiologia pode adquirir o Documento impresso no Stand da SPC.

Outras Notícias
Artigos Revista SPC